Os manifestantes estão pedindo a volta do auxílio emergencial de R$ 600. As parcelas que serão pagas a partir de amanhã variam entre R$ 150 e R$ 375. Segundo os organizadores do Movimento Panelas